Você está em:   Home
Aumentar Textos Diminuir Textos Texto Normal
Artigo do Mês Imprimir E-mail

O Diagnostico do TDAH é valido em crianças com
Altas Habilidades Cognitiva s?

Mara Lúcia Cordeiro1 & Antonio Carlos de Farias2

 

Resumo: Revisão de pesquisas empíricas que testaram a hipótese se o diagnostico do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade seria válido em crianças com altas habilidades cognitivas, definida pelo quociente de inteligê nci a igu

al ou superior a 120.

 

Fontes dos dados: Foi realizado uma revisão da literatura no banco de dados do Medline de 1983 à 2010, utilizando palavras chaves: TDAH e Superdotação, TDAH e QI elevados, TDAH e altas funções executivas.

Síntese dos dados: Embora existam relativamente poucas pesquisas empíricas em crianças e adultos que preencheram os critérios diagnósticos de acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 4a Edição, as mesmas evidenciaram, utilizando grupo controle e relato de casos, que realmente o diagnóstico do TDAH é valido em crianças com QI>120.

Conclusões: Essas evidências servem para alertar a família, aos profissionais da educação e da saúde mental, que mesmo apresentando QI  alto (>120) uma criança pode ser portadora do  TDAH, (Cordeiro and Farias, 2010)e necessitar cuidados tanto quanto as que tem QI médio.

Leia mais...